Wednesday, February 08, 2006

Throwing petrol on to the flames?

Today, the satirical French weekly Charlie Hebdo printed all 12 of the controversial cartoons of the Prophet Mohammed as well as a new front-page caricature of its own. On Tuesday a French court refused to grant an injunction to Islamic organisations that tried to have the edition banned for inciting racial and religious hatred. The paper bears the headline "Mohammed stressed out by the fundamentalists" and a cartoon of the prophet with head in hands uttering the words "It's hard to be loved by fools."
In consequence, French President Jacques Chirac today accused newspapers printing cartoons of the Prophet Mohammed of "provocation".

2 Comments:

Blogger Ricardo said...

Viva,

A imprensa está em roda livre. Tresanda a mau gosto e populismo. E tem esse direito porque há liberdade de expressão e imprensa (e ainda bem). Mas se a imprensa "rasca" está a crescer é porque alguém compra, não é?

Ainda sobre essa publicação em França esta esgotou o1 milhão de exemplares impressos e já foram impressos mais 1,6 milhões. Enfim, quem compra que pelo menos divirta-se.

Abraço,

10:05 PM  
Blogger JFS said...

A liberdade de expressão é muito importante e a censura não é desejável, mas por outro lado temos também a luta contra o racismo, a xenofobia e a intolerancia. Se as caricaturas estão a incentivar a xenofobia ou islamofobia e o ódio ao Ocidente, é melhor parar um pouco para pensar.
Abraço,

11:20 AM  

Post a Comment

<< Home